Sanzza – Creative Agency

7 Estratégias para vender (e fidelizar) mais com o seu e-commerce

estrategias-para-vender-mais-num-e-commerce

As lojas online da concorrência têm mais sucesso do que a sua? Possivelmente isso não se deve à qualidade superior dos seus produtos ou serviços, mas sim ao facto de terem adotado estratégias para vender mais num e-commerce… e a sua loja, não!

A concorrência não dá tréguas! Independentemente do seu setor de atividade, se quer comercializar algo através da Internet, tem de conhecer as principais estratégias para vender mais num e-commerce. Estratégias que, numa primeira fase, se vão focar na angariação de tráfego qualificado para a sua loja online, depois na conversão desses leads em clientes e por fim, na fidelização que leva à repetição da compra. Não são estratégias infalíveis nem fáceis de implementar, mas que dão excelentes resultados, lá isso dão!

Estratégias para vender mais num e-commerce

1. Investir em responsividade

Estudos recentes indicam que a maioria dos utilizadores acede à Internet através do telefone e não do computador. E, por isso, a primeira coisa a fazer para aumentar as vendas na sua loja online é aumentar a satisfação com a experiência de utilização, tornado o seu e-commerce responsivo. Isso é o mesmo que dizer, otimizando a sua loja online para mobile, de forma a oferecer aos visitantes um design que se ajuste automaticamente ao tamanho do ecrã que estão a usar, e tenha igual legibilidade em equipamentos de diferentes dimensões.

2. Recuperar carrinhos de compras abandonados

Estima-se que cerca de 60% dos potenciais clientes de uma loja online abandonam os carrinhos de compras depois de lá colocarem alguns produtos. E isso porque não tinham intenção de comprar ou porque se depararam com um obstáculo. 
Efetivamente, de um custo imprevisto a um processo de compra muito complicado, há várias razões para os visitantes abandonarem os carrinhos de compras, mas nenhuma razão para não tentar reverter esse processo! Verifique se…

  • O processo de registo na sua loja online é fácil, rápido e objetivo.
  • Os valores estão apresentados na unidade monetária do utilizador.
  • Os custos de transporte não estão a aumentar o valor da compra.
  • Há diferentes opções de pagamento.
  • Existe um serviço de apoio ao cliente pronto a prestar esclarecimentos.
  • A política de trocas e devoluções é transparente.

Estes são apenas alguns dos elementos que contribuem para uma boa experiência de utilização e que podem ajudá-lo a evitar que os utilizadores abandonem os seus carrinhos de compras. Porque depois de o fazerem só tem uma alternativa: tentar recuperá-los através de ações de E-mail Marketing e remarketing, por exemplo, que podem ficar bem mais dispendiosas!

3. Disponibilizar vários métodos de pagamento

Apesar de os métodos de pagamento variarem de país para país, é fundamental disponibilizar várias formas de se efetivar a compra e dar aos seus clientes a liberdade para escolher a que preferem: pagamento multibanco, cartão de crédito, transferência bancária, PayPal, digital wallets, MB way, pagamento no ato da entrega, etc. Lembre-se que quantas mais opções de pagamento existirem, mais hipóteses tem de obter conversões e de fidelizar clientes.

4. Reduzir os valores dos portes de entrega

Muitos clientes acabam por desistir da compra porque se assustam com o valor dos portes de entrega. E, é por isso, que deve tentar a todo o custo ser competitivo, oferecendo os portes em compras acima de determinado valor, por exemplo, ou cobrando um valor em função da volumetria do produto. Além disso, é importante oferecer várias opções ao nível da entrega com preços diferenciados: da recolha em loja à entrega ao domicílio, passando pelos CTT, entrega em 24h, etc.

5. Apostar em cross-selling e up-selling

Não é por acaso que o cross-selling e up-selling são estratégias de venda comuns em diferentes tipos de e-commerce. Ambas aumentam as vendas e vamos explicar-lhe porquê! O cross-selling é uma técnica usada para sugerir a um visitante a compra de um ou de vários produtos relacionados com aquele que está a visualizar ou a colocar no carrinho de compras. Por sua vez, o up-selling é uma técnica usada para sugerir a compra de um produto melhor ou mais atual (com o objetivo de fazer upgrade) daquele que o visitante acabou de ver ou colocar no carrinho de compras. Por exemplo: está a fazer up-selling se propuser a um cliente que vai comprar um smartphone a compra de um modelo posterior com mais funcionalidades, e está a fazer cross-selling se propuser a compra de uns auscultadores, de uma capa, de uma película protetora.

6. Exibir comentários e avaliações

Uma forma de tentar alcançar a eficácia do passa-palavra numa loja virtual, é usar comentários e avaliações para mostrar aos visitantes que, na falta de uma recomendação de um familiar ou amigo, têm ali algumas pessoas em quem podem confiar. Pessoas que estão a dar uma avaliação positiva a determinado produto/serviço.

7. Lançar campanhas de remarketing

O remarketing é uma ferramenta usada para divulgar anúncios a utilizadores que tenham manifestado interesse por um produto ou serviço. Por outras palavras, trata-se de “fazer novamente marketing”, de tentar que a sua loja online se volte a relacionar com um utilizador que não terminou o processo de compra, ou seja, que abriu a página de um produto, mas depois não o comprou. Como? Com remarketing! Fazendo com que um anúncio a esse produto/serviço que o utilizador visionou, lhe surja em diferentes canais na Internet, durante um período específico. E assim, mesmo que esse utilizador queira esquecer o tal produto ou serviço de que gostou, não consegue!

Também você não vai conseguir resistir à tentação de implementar estas estratégias para vender mais num e-commerce, principalmente porque tem a ajuda da Sanzza para aumentar leads, obter conversões e melhorar os resultados de tesouraria!

Scroll Up

Receba dicas exclusivas, e-books de Marketing Digital e diversos documentos de apoio. Inscreva-se na nossa Lista VIP e fique a par de todas as novidades do mundo digital!