Marketing 5.0: do conceito à aplicabilidade na sua empresa (com exemplos)!

marketing-5-0

Abra alas que já chegou o Marketing 5.0! E vem pela mão de Philip Kotler (como não podia deixar de ser), desta vez acompanhado por Hermawan Kartajaya e Iwan Setiawan. Todos preparados para consagrar definitivamente a fusão entre o ser humano (Marketing 3.0) e o poder da tecnologia (Marketing 4.0) no livro recentemente lançado: ”Marketing 5.0 – Tecnologia para a humanidade”.

Uau! Mas de 1 a 5, como é que isto aconteceu?
Primeiro passámos por um Marketing 1.0 muito tradicional e centrado no produto ou serviço. Depois por um Marketing 2.0 que começou a considerar as necessidades dos clientes e por um Marketing 3.0 centrado no ser humano, mas tendo a Internet como protagonista. A seguir veio o Marketing 4.0, do tradicional ao digital, que não se coíbe de utilizar todos os canais e ferramentas disponíveis, para gerar interação entre as empresas e os seus públicos… e agora um Marketing 5.0 porquê? Não estávamos bem com a versão anterior, tão moderna e inovadora? Estávamos, mas a pandemia trouxe alterações que não se conseguem contornar. Só com o novo modelo de marketing é que as empresas conseguem dinamizar estratégias eficazes para responder às mudanças profundas que os consumidores têm vindo a apresentar.
Continue a ler para perceber melhor o que é o Marketing 5.0 e como o pode aplicar na sua empresa.

O que é o Marketing 5.0?

É um conceito que combina a tecnologia com o ser humano para atrair, conquistar e fidelizar clientes. Basicamente, trata-se de um marketing bastante humanizado, mas centrado em dados. E isso porque a pandemia fortaleceu o mundo digital e mudou a forma de pensar e agir dos utilizadores, obrigando as empresas a avançar para um último estágio do marketing: o Marketing 5.0 que nasce, precisamente, numa época em que os negócios precisam de se relacionar com os seus públicos de diferentes formas, estando cada vez mais atentos às suas reais necessidades.
Claro que neste momento, muitas empresas continuam a trabalhar o Marketing 4.0 – cujo objetivo é criar interação entre as marcas e os seus públicos, através de ferramentas digitais – mas cedo se aperceberão de que a tecnologia continua a ser fundamental, mas deve ser aplicada para ajudar os profissionais a criar, comunicar e entregar valor ao cliente.
Nesse sentido, a Inteligência Artificial (mas também as ferramentas de automação) surge como uma forma de potenciar essa capacidade de entregar valor, garantindo um conjunto de conteúdos relevantes para o público-alvo.

Qual é o objetivo do Marketing 5.0?

O principal objetivo é aproximar as empresas dos consumidores através de uma simbiose homem-máquina.

➡️  No que concerne ao homem, o objetivo é desenvolver empatia e criar relações eficazes, através da sabedoria, da divergência de pensamento e, claro, de soluções fora da caixa.

➡️  No que concerne à máquina, o objetivo é processar dados, recolher informações e fazer a gestão de conteúdo. Aqui também se pretende, obviamente, facilitar o trabalho do homem através da descoberta de padrões e uso de algoritmos, de forma a programar tarefas repetitivas e otimizar o tempo… e os resultados!

➡️  No que concerne à simbiose homem-máquina, os objetivos são vários:

  • Atingir o lado emocional do cliente através de conteúdos com gatilhos mentais;
  • Criar uma relação positiva e duradoura com base nas necessidades dos clientes;
  • Transformar os consumidores em embaixadores das marcas;
  • Dinamizar ações que ultrapassem a divulgação e promoção de produtos e serviços;
  • Apoiar causas justas, relacionadas, nomeadamente, com questões ambientais, sociais e educacionais;
  • Agregar valor e fortalecer a empresa no mercado de atuação.

Quais são as tendências do Marketing 5.0?

Para colocar o modelo em marcha na sua empresa, é necessário explicar às suas equipas quais são as 5 tendências do Marketing 5.0, que orientam e otimizam o desenvolvimento do trabalho de criação e comunicação:

1. Marketing baseado em dados

O Marketing baseado em dados visa a recolha e análise de informações de várias fontes, bem como a construção de um sistema de dados que permita à sua empresa, uma tomada de decisão mais eficiente. O marketing baseado em dados é de extrema importância pois permite à empresa perceber o consumidor e prever o seu comportamento, antes de tomar qualquer decisão.

2. Marketing preditivo

O Marketing preditivo visa a previsão dos resultados das atividades de marketing a serem desenvolvidas, através de análises sobre clientes, produtos/serviços, marca(s), etc. Em suma, o Marketing Preditivo recorre a algoritmos e outras técnicas de machine learning para prever comportamentos futuros.

3. Marketing contextual

O Marketing contextual visa identificar e criar perfis de cliente automatizados, de forma a dinamizar interações personalizadas com cada um deles, através de interfaces digitais que permitam efetuar uma comunicação individual, com respostas mais personalizadas. Entender o contexto do cliente e qual é o momento e meio certo de o impactar é essencial para fortalecer relações.

4. Marketing aumentado

O Marketing aumentado visa melhorar a produtividade das equipas de Marketing através da tecnologia, nomeadamente de ferramentas digitais como chatbots e assistentes virtuais, que fornecem informações precisas. Assim, ao utilizar essas ferramentas é possível melhorar o relacionamento entre a sua empresa e os utilizadores, até que os últimos sintam confiança para comprar.

5. Marketing ágil

O Marketing ágil visa a constituição de equipas multifuncionais e interdisciplinares, aptas a criar e desenvolver produtos/serviços e campanhas de marketing de forma rápida e eficaz. Com equipas multidisciplinares será possível reagir mais rápido às mudanças do mercado e dar respostas aos consumidores.

Qual é a importância do Marketing 5.0 para uma empresa?

Toda! No cenário atual, não pode fechar os olhos às mudanças provocadas pela Covid-19 e continuar a operar como se o consumidor não tivesse alterado os seus hábitos de compra. Isso seria dar tiros no escuro, quando pode acender a luz e acertar no alvo à primeira!
Antes de mais, os consumidores estão mais conscientes do seu valor para as empresas e, por isso, só prosperam os negócios que dão realmente importância às suas necessidades. Depois, a adoção do Marketing 5.0 é importante para perceber a mudança de cultura no mercado. Hoje, os consumidores preferem comprar a empresas com responsabilidade social, que se mostrem preocupadas com eles. Empresas preparadas para fazer a sua parte por um mundo melhor! Aliás, a grande diferença entre o Marketing 4.0 e Marketing 5.0 é a comunicação pautada em termos sociais do segundo modelo.

Como integrar o Marketing 5.0 na sua empresa?

Vamos dar-lhe alguns exemplos!

  • Analise o retorno de cada investimento em Marketing (passado e presente), para conseguir prever o resultado futuro;
  • Recorra a análises de dados preditivas para saber quais serão os resultados das suas atividades de Marketing, antes do lançamento;
  • Conte sempre com o fator humano, porque nenhuma previsão é 100% certa;
  • Monitorize todas as ações depois de implementadas. Faça os devidos cruzamentos no final e, se necessário, utilize testes A/B para verificar qual a melhor variação de um conteúdo ou anúncio;
  • Persiga a vertente omnichannel para entregar uma experiência completa ao cliente;
  • Proporcione experiências contextuais 360º;
  • Aposte em realidade aumentada para simular a experimentação do seu produto, por exemplo;
  • Coloque máquinas a conversar com máquinas para dar informação qualificada aos humanos;
  • Traga a equipa comercial para o mundo do marketing, mostrando-lhe como os clientes se comportam na Internet e quais são as suas preferências.

Não é simples. Não é rápido. Não é fácil. Mas é eficaz e nos dias que correm não pode querer menos do que o Marketing 5.0 para a sua empresa. Sentindo dificuldade em implementar as novas tendências que se impõem, já sabe, contacte a SANZZA!

Notícias Recentes

Archives

Categories