15 Dicas para ter o melhor site profissional da sua área de atuação

computador com o melhor site profissional

Anda por aqui na Internet à procura das melhores dicas para construir um site profissional? Também os seus potenciais clientes estão, neste preciso momento, a pesquisar no Google pelo seu produto ou serviço. Mas… Espere! Não vale a pena interromper a leitura deste artigo para consultar o e-mail, na esperança de ver uns quantos pedidos de orçamento, porque o seu negócio só vai aparecer nos primeiros lugares dos resultados de pesquisa se tiver um site de qualidade. Um site bem desenvolvido e melhor pensado. Um site bonito, moderno e personalizado, com foco nos resultados e capaz de atingir os seus mais ambiciosos objetivos de Marketing Digital.

 

Efetivamente, nenhum gestor põe em causa a necessidade de ter a sua empresa presente na Internet, já que a maioria dos utilizadores (por sinal, a maioria dos consumidores) pesquisa por produtos e serviços antes de tomar uma decisão de compra. Contudo, muitas empresas (como a sua) estão com receio de investir num site profissional, quando podem ter um site grátis na Internet. E é precisamente por aí que lhe gostávamos de começar a falar na melhor forma de construir uma marca…

Site gratuito ou site profissional?

É claro que consegue expandir o seu negócio tanto com um site gratuito como com um site profissional, mas só deve render-se à primeira hipótese quando precisa de marcar presença na Internet, mas não tem mesmo dinheiro para investir num site profissional… ou quando está a iniciar atividade e um site simples é suficiente para obter visibilidade. De resto, havendo budget disponível, um site profissional é sempre a melhor solução para divulgar um negócio na Internet porque permite uma grande personalização e adição de funcionalidades para potenciar o crescimento da sua empresa. Continua com dúvidas? Convidamo-lo a conhecer as desvantagens de um site gratuito!

Desvantagens de um site gratuito

  • Uniformidade: tem um design igual ou muito parecido com outros sites da concorrência. Apesar de disponibilizar vários layouts ou templates, não permite a personalização para uma imagem exclusiva.
  • Recursos: com poucos ou nenhuns recursos disponíveis, não responde às necessidades da sua empresa se, de hoje para amanhã, precisar de mais ferramentas para atrair clientes. A única solução é fazer um upgrade e passar de um site grátis a um site profissional.
  • Espaço: numa plataforma grátis, o espaço disponível para colocar o seu conteúdo é limitado, pelo que nunca poderá exibir muitas imagens, textos, vídeos…
  • SEO: não é possível otimizar um site grátis com estratégias SEO para motores de busca. Para aparecer nos primeiros lugares dos resultados de pesquisa, tem de transformar a versão gratuita num site profissional.
  • Anúncios: num site grátis vai ter de conviver com os anúncios da plataforma que está a usar porque esta é a única forma dessa empresa ganhar dinheiro com as versões gratuitas de sites institucionais.
  • Alojamento: um site grátis não é seu! O conteúdo pertence-lhe, mas o alojamento é da plataforma que escolheu, pelo que se resolver contratar outra empresa de alojamento, tem de pagar um site profissional!
  • Domínio: num site grátis tem de usar um domínio com o nome da plataforma associado ao nome da sua empresa, em vez de um domínio próprio.
  • Segurança: embora as empresas de criação de sites gratuitos ofereçam algum nível de segurança, tenha em conta que é um nível muito baixo que não protege os seus dados contra hackers.

Vantagens de um site profissional

  • Controlo: um site profissional é propriedade da sua empresa, que tem total poder sobre ele.
  • Fortalecimento da marca: um site de qualidade é o primeiro passo para garantir uma forte presença online.
  • Expansão e alcance: um site relevante tem mais probabilidades de ser encontrado por potenciais clientes.
  • Imagem: um site pago tem uma boa apresentação, sempre alinhada com a imagem institucional da empresa.
  • Espaço: um site com custos tem mais espaço para guardar o seu conteúdo (textos, imagens, fotografias, vídeos, podcasts, emails, etc).
  • SEO: um site profissional possibilita a otimização para motores de busca, de forma que as suas páginas possam aparecer nos primeiros resultados de pesquisa.
  • Design exclusivo: um site único tem uma imagem personalizada que destaca o seu negócio da concorrência.
  • Confiança e credibilidade: um site de qualidade passa uma ideia de profissionalismo.
  • Relacionamento: um site profissional está presente no dia a dia do seu público-alvo e por isso enceta interações e mantém relacionamentos com clientes e potenciais clientes.
  • Conversão: um projeto de qualidade tem grande potencial de conversão porque um site profissional gera muitas leads qualificados através de materiais de qualidade.
  • Segurança: um site de qualidade oferece uma segurança reforçada que ajuda a tranquilizar os clientes que possam estar receosos em ceder dados pessoais e/ou bancários.
  • Oportunidades: um site de sucesso é mais do que uma página web, é um canal de campanhas de Marketing Digital voltadas para a criação de novos negócios.
  • Vendas: um site pertinente divulga e fortalece a sua marca, aumentando o alcance dos seus produtos/serviços e por consequência, as vendas.
  • Conhecimento: um site pago possui ferramentas que permitem conhecer melhor a sua audiência (saber quem são os visitantes, onde clicam, quanto tempo ficam no site, etc).
  • Relação custo/benefício: um site profissional está à disposição dos internautas 24h por dia, 7 dias por semana, por um valor muito baixo, se comparado com outros meios de comunicação.

15 Dicas para ter o melhor site profissional da sua área de atuação

Apesar do mercado de criação de sites se ter popularizado bastante nos últimos anos, nem todos os sites institucionais são profissionais, ou seja, nem todos atraem visitantes, garantem uma boa experiência de navegação e trazem um excelente retorno do investimento. Portanto, para não falhar estes objetivos, tome nota dos aspetos relevantes na hora de criar o melhor site profissional.

1. Plano

Um site profissional começa sempre com um plano que inclua os objetivos de Marketing Digital da sua empresa, a definição do público-alvo, análise da concorrência, conteúdo e estrutura das páginas e estratégias para atrair utilizadores, entre outros elementos que ajudam a definir recursos e funcionalidades.

2. Domínio Próprio

Um site profissional também pressupõe um domínio próprio (como www.asuamarca.pt), ou seja, uma morada na Internet que mostre que o site é profissional e credível e que assim, aumente o alcance dos seus produtos ou serviços na Internet. Na hora de escolher esse domínio próprio opte por um nome curto, fácil de memorizar e de pronunciar, e que tenha relação direta com o seu negócio. Além do nome, a escolha da extensão do seu site profissional também é importante, sendo que pode optar por domínios nacionais (.pt) ou internacionais (.com, por exemplo), dependendo dos objetivos do projeto.

3. Alojamento Profissional

Ter um site profissional acessível em qualquer parte do mundo já não é suficiente para atrair mais clientes. É necessário investir num serviço de alojamento profissional com servidores rápidos e de qualidade, que garantam o armazenamento e proteção de todos os ficheiros do site (textos, fotografias, imagens ou vídeos, sejam ficheiros HTML, PHP, JavaScript, CSS, etc), a eficácia das contas de email e um painel de controlo com diversas funcionalidades.

4. Plataforma Flexível

Se há uns anos atrás, a maioria dos sites era construída utilizando HTML, CSS e até mesmo Flash, hoje em dia a oferta é vasta e consiste em soluções mais simples, baseadas em sistemas de gestão de conteúdo (CMS). Assim, para construir um site profissional é só escolher a solução mais fácil de usar e que não tenha limitações a nível de personalização. Independentemente de optar pelo WordPress ou Shopify, entre muitas outras possibilidades, o importante é investir numa plataforma flexível que lhe dê um controlo total sobre a forma como o site será apresentado e os tipos de conteúdo que serão publicados, permitindo-lhe construir e customizar a sua presença online.

5. Layout coerente com identidade visual

Além de “limpo” e de fácil navegação, o layout de um site profissional representa a sua marca de forma clara e imediata, e isso significa que mantém a identidade visual da empresa através da coerência de estilos, cores, imagens e recursos gráficos, entre outros elementos. Manter um padrão visual em todas as páginas do site profissional é importante para fixar a sua marca na mente dos consumidores.

6. Design responsivo

A nível de design tem de se manter em sintonia com os interesses do seu público-alvo e com os novos hábitos dos utilizadores, sendo um deles o acesso à Internet através de smartphones ou equipamentos móveis com ecrãs de menores dimensões. Nesse sentido, deve apostar num site profissional com design responsivo ou mobile friendly, que adapte os seus conteúdos automaticamente a todos os tamanhos de ecrã, para oferecer uma boa leitura. Além do mais, os sites responsivos são os preferidos dos utilizadores e também dos motores de busca! O Google, por exemplo, penaliza sites que não sejam responsivos, excluindo-os dos primeiros lugares dos resultados de pesquisa.

7. Acessibilidade e usabilidade

Nenhum visitante está disposto a perder tempo, a tentar descobrir onde se encontra a informação que procura. Por isso, deve investir num site profissional que ofereça uma boa experiência de utilização, através de uma estrutura de menus e submenus bem organizada, simples, clara, intuitiva e equilibrada. Se o visitante não encontrar rapidamente a informação que procura, a taxa de rejeição do seu site vai aumentar exponencialmente, mas se aceder a essa informação em apenas um clique, o seu site vai gerar mais conversões e vendas!

8. Carregamento rápido

Se um site demorar mais de 3 segundos para abrir, espera? Pois os seus clientes fazem o mesmo, desistem e procuram por uma solução na concorrência. Logo, não hesite em investir num site com carregamento rápido, o que significa um serviço de alojamento eficaz num servidor que assegura a velocidade, mesmo em picos de acesso. De resto, os robots do Google também privilegiam a velocidade de carregamento na hora de ranquear sites profissionais.

9. Informações Relevantes

Há algumas informações relevantes que são sempre incluídas num site profissional, nomeadamente: informações sobre a empresa e equipa, descrições de produtos/serviços (com galerias de imagens e vídeos), prova social através de testemunhos de clientes satisfeitos e contactos com mapa de localização. Essas informações são fundamentais para explicar de forma pormenorizada o que a sua empresa faz (como faz e porque faz) e mostrar aos visitantes que tem a solução que procuram.

10. Funcionalidades Específicas

Também existem algumas funcionalidades específicas que são incluídas em sites profissionais para proporcionar uma navegação intuitiva e cativar mais clientes, entre elas: CTAs ou chamadas para a ação que levem os visitantes a dar um passo em frente (de acordo com a fase, dentro do funil de vendas, em que se encontram); formulários de contacto (para transformar os visitantes em leads) e chats online (para responder a dúvidas e prestar esclarecimentos adicionais).

11. Blog Institucional

Sabe porque é que um site profissional costuma ter um blog? Porque um blog com conteúdos relevantes para determinado público-alvo e otimizados com estratégias SEO para motores de busca, coloca as suas páginas no topo dos resultados de pesquisa do Google, melhora a sua presença online, gera mais tráfego orgânico e mostra a sua reputação e autoridade dentro da área de atuação.

12. Estratégias SEO

De nada lhe adianta ter um site de qualidade se ele não aparecer nos resultados de pesquisa, não é verdade? É por isso que num site profissional, quer os artigos de blog quer as informações das outras páginas são otimizadas com estratégias SEO para motores de busca, para aparecerem no topo do Google. De facto – e entre outras técnicas SEO – só os sites profissionais conseguem:

  • Usar as palavras-chave mais relevantes para o negócio e mais usadas pelo seu público-alvo.
  • Distribuir as palavras-chave estrategicamente nos conteúdos, em títulos, subtítulos, textos, descrições, CTAs…
  • Identificar e nomear imagens e fotografias.
  • Usar URLs amigáveis que descrevam o conteúdo da página de forma clara.
  • Escrever sempre meta descrições para cada página, de preferência breves e persuasivas.

13. Integração com Redes Sociais

Não importa se têm um perfil no Facebook ou Instagram, se costumam publicar vídeos no YouTube ou consultar diariamente o LinkedIn. Os seus clientes gostam de algumas redes (onde a sua empresa já está a marcar presença) e o seu site profissional deve-lhes dar a oportunidade de partilharem e comentarem os seus conteúdos com os amigos, através da integração com redes sociais. Desta forma, coloca o seu site ao serviço de outros canais de comunicação que promovem os seus produtos ou serviços e fomentam as interações e relacionamentos positivos com determinada audiência.

14. Alterações e Atualizações

Como bem sabe, um site profissional (por mais bonito que esteja) não pode ficar igual por muito tempo para não cansar os visitantes e para não passar uma imagem de conformismo. Nesse sentido, os sites profissionais são perfeitos porque nunca estão completamente fechados, permitem sempre atualizações e alterações (tecnológicas e a nível de conteúdo) ao longo do tempo, efetuadas de forma rápida e fácil num backoffice intuitivo. Por exemplo, consegue atualizar um preçário sempre que necessitar, adicionar um conteúdo no blog, colocar mais um depoimento na sua página de testemunhos ou mais um trabalho no seu portfólio, entre outras atualizações que deixam a sua audiência interessada e informado sobre o negócio e mercado em que está inserido.

15. Monitorização de resultados

Por fim, para poder verificar e confirmar os excelentes resultados de um site profissional, é preciso avaliar ou monitorizar a performance dos conteúdos através de métricas de Marketing Digital que forneçam informações valiosas sobre o comportamento dos visitantes. Do número de pessoas que entraram no site à taxa de rejeição e percentagem de conversão, existem várias métricas que vão provar que o seu investimento num site profissional está a ser lucrativo, mas também apontar-lhe ações que têm de ser ajustadas ou até eliminadas para não comprometerem os seus objetivos de Marketing Digital.

Qual a importância de um site profissional para o seu negócio?

Não interessa o tamanho da sua empresa ou área de atuação, um site profissional, bonito, veloz e responsivo, ajuda-o a melhorar a visibilidade e notoriedade dentro do mercado de atuação, aparecendo logo nos primeiros lugares dos resultados de pesquisa e atraindo mais utilizadores. Ao mesmo tempo, aumenta a credibilidade da marca, dando mais confiança ao visitante para ficar e seguir ao longo do funil de vendas em direção à compra. E tudo isso porque oferece materiais de qualidade e relevantes para determinado público-alvo, que cativam os visitantes, motivam interações e potenciam relacionamentos positivos a longo prazo.

Quem vai desenvolver um site profissional?

Agora que conhece as dicas para ter o melhor site profissional da sua área de atuação, importa definir quem vai desenvolver o projeto. Um colaborador da sua empresa? Um amigo? Um web designer freelancer? Uma agência de criação de sites? Certo! Fique pela última hipótese, já que uma agência especializada na construção de sites profissionais – como a Agência Sanzza – é a melhor opção para rentabilizar o seu investimento porque tem:

  • Equipa multifacetada;
  • Melhores ferramentas e processos técnicos;
  • Experiência na criação de sites inovadores e dinâmicos;
  • Propostas de sites adequadas a todos os modelos de negócio;
  • Suporte técnico;
  • Resultados mensuráveis;
  • Excelente relação custo/benefício.
Num mercado tão abrangente como é o mercado das empresas de criação de sites, não é fácil encontrar uma agência de Marketing Digital confiável e profissional, que coloque à sua disposição os melhores profissionais para desenvolver o seu projeto. Será a agência Sanzza? Veja alguns exemplos de sites profissionais no nosso Portfólio!

Notícias Recentes

Archives

Categories