Site grátis ou site pago: qual deve escolher para o seu négocio?

site-gratis-ou-site-pago

Os preços, os recursos, o armazenamento, o design e a segurança são algumas das variáveis que deve colocar na equação “site grátis ou site pago”. E, na dúvida sobre qual escolher, o melhor é mesmo conhecer as principais diferenças entre plataformas gratuitas e plataformas pagas e descobrir se as limitações das primeiras superam o investimento nas segundas. 

Principais diferenças entre sites gratuitos e pagos

É verdade que tanto consegue dar visibilidade ao seu negócio na Internet com um site grátis como com um site pago. Ambos os modelos são válidos, mas para saber se é melhor pagar pelo serviço ou se, pelo contrário, uma plataforma gratuita é suficiente para promover a sua marca, convém continuar a ler este artigo para conhecer as principais diferenças entre sites gratuitos e sites pagos.

Site grátis ou site pago?

1. Custos

Em termos financeiros, a grande diferença entre um site grátis e um site pago é o facto de o primeiro não ter custos e do segundo exigir (dependendo do projeto) um investimento inicial médio a alto.
Efetivamente, esta é a grande (senão a única) vantagem de um site gratuito: pelo menos numa fase inicial, não carece de qualquer tipo de investimento e isso é excelente para empresários que não têm budget disponível para criar um site profissional ou não querem investir já num negócio que pode não dar certo.

2. Retorno do investimento

Precisamente por não envolver custos, num site grátis qualquer ganho é lucro porque não se investiu nada. Num site pago não há um retorno imediato do investimento, mas quando acontece… os resultados são bem mais expressivos!

3. Domínio

Em relação ao domínio, num site grátis é obrigatório usar o nome da empresa associado ao nome da plataforma que se está a utilizar (www.nomedaempresa.nomedaplataforma.com). Apenas num site pago pode ter um domínio próprio com o nome da sua empresa (www.nomedasuaempresa.pt).

4. Alojamentos

Como o alojamento web não pertence a um site gratuito (só o conteúdo), se resolver contratar outra empresa de alojamento web, tem de construir um site novo!

5. Plataforma

A plataforma de um site gratuito costuma ser muito intuitiva e fácil de usar, pelo que não é necessário ter conhecimentos técnicos para criar um site relativamente interessante. Já a plataforma de um site profissional, não é tão intuitiva, exige conhecimentos de programação e WebDesign, entre outros, e por isso a conceção, criação e gestão da plataforma costuma ficar do lado da empresa de criação de sites contratada.

6. Design

Os sites gratuitos têm limitações ao nível de design. Na verdade, uma das principais desvantagens de um site gratuito é, precisamente, a uniformidade. Apesar de existirem vários templates disponíveis na plataforma, corre-se o risco de se encontrar um site igual noutra empresa que também preferiu uma plataforma grátis e escolheu o mesmo modelo. Só um site pago permite apresentar um design exclusivo e personalizado e isso porque um site profissional é desenvolvido por uma empresa de criação de sites com uma equipa multidisciplinar, que reúne os conhecimentos técnicos de programação, WebDesign e Design Gráfico necessários para permitir um design desenvolvido única e exclusivamente para uma empresa.

7. Recursos

Os recursos disponíveis nas versões gratuitas são escassos, embora haja a possibilidade de acrescentar funcionalidades ao site passando da versão grátis para a versão paga. Em contrapartida, num site pago usufrui logo de uma série de funcionalidades, recursos e ferramentas para conquistar e reter mais clientes.

8. Espaço

Escusado será dizer que num site gratuito não há muito espaço de armazenamento (embora este possa ser aumentado se passar para uma versão paga), mas num site profissional há espaço mais do que suficiente para guardar o seu conteúdo: textos, fotografias, vídeos, emails…

9. SEO

A Otimização SEO para motores de busca não é possível em sites gratuitos, para o fazer tem de passar a uma versão premium. Mas num site pago e com a ajuda de um profissional especializado, consegue otimizar as páginas de modo que apareçam nos primeiros resultados dos motores de busca!

10.  Responsividade

Regra geral, um site grátis não é responsivo, ou seja, não se adapta automaticamente ao tamanho do ecrã do dispositivo que o utilizador está a usar para aceder à Internet. Por isso funciona melhor em computadores do que em smartphones. Num site pago, pelo contrário, valoriza-se a responsividade, a boa legibilidade independentemente do tamanho do ecrã.

Anúncios

Os sites gratuitos são obrigados a exibir os anúncios das plataformas que estão a usar, já que esta é a única maneira que essas empresas têm de ganhar dinheiro. Os sites pagos, não, controlam todos os anúncios que possam aparecer e por isso não comprometem a experiência de utilização dos seus visitantes.

Segurança

Numa plataforma gratuita, o sistema de segurança da informação não é dos melhores, mas numa plataforma paga a segurança é reforçada, permitindo-lhe passar um maior nível de confiança aos seus clientes.

Suporte

Naturalmente que um site grátis não oferece suporte técnico e por isso se sentir dificuldades ou dúvidas ao construi-lo, não tem uma equipa a quem recorrer, ao contrário da plataforma paga, onde existe um suporte especializado.

Quando deve optar por um site grátis

Basicamente, deve optar por um site grátis se precisar de marcar presença na Internet e não tiver dinheiro para investir num site profissional. 
Esta pode ser uma situação viável caso pretenda começar agora um negócio (que nem sabe se vai dar certo!) ou criar um blog, pois um site gratuito com menos funcionalidades é quanto basta para ganhar alguma visibilidade na Internet. E não invalida, mais tarde, um upgrade para um site pago com mais funcionalidades!

Quando deve optar por um site pago

Resumidamente, deve optar por um site pago se tiver dinheiro para investir. É que, à partida, um site profissional é sempre mais vantajoso que um site grátis na medida em que pode personalizar o layout, ter um URL próprio, responsividade, Otimização SEO e uma série de funcionalidades, entre outras possibilidades que vão potenciar o crescimento do seu negócio. 
Um site profissional também é a solução mais indicada para lojas virtuais e até para blogs que desejam gerar receita através de anúncios.

Se resolver criar um site profissional, não deixe de contactar a Sanzza!

  • Site responsive
  • Design exclusivo
  • Navegação fluida
  • Acessibilidade e usabilidade
  • Funcionalidades específicas
  • Otimização SEO
Scroll Up

Receba dicas exclusivas, e-books de Marketing Digital e diversos documentos de apoio. Inscreva-se na nossa Lista VIP e fique a par de todas as novidades do mundo digital!